segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Botânica III


01. (UFPI) A seguir, são apresentados alguns caracteres morfológicos e fisiológicos encontrados nas flores de determinadas plantas:

I. Dicogamia
II. Presença de nectários
III. Pétalas vistosas e com glândulas odoríferas
IV. Estigmas longos e ramificados
V. Auto-incompatibilidade

Assinale a alternativa que indica os caracteres cuja conseqüência evidente é o aumento da variabilidade genética da espécie.

a) II e III
b) II e V
c) I e IV
d) I e V
e) III e IV




02. (UNESP) Considere uma refeição onde estão incluídos arroz branco, feijão, batata inglesa, alface e pimentão.

Assinale a alternativa que representa a parte comestível dos vegetais citados, na ordem em que foram apresentados.

a) Endosperma da semente, semente, raiz, folha e fruto.
b) Endosperma da semente, semente, caule, folha e fruto.
c) Semente, endosperma da semente, caule, folha e fruto.
d) Fruto, semente, raiz, folha e endosperma da semente.
e) Semente, fruto, caule, folha, e fruto.




03. (FAAP) Um estudante levou para a aula de ciências uma série de vegetais que comprou na feira como legumes. Os vegetais listados e comprados pelo estudante foram: tomate, cenoura, pepino, vagem de feijão e berinjela. Desta lista o verdadeiro "legume biológico" é:

a) vagem-de-feijão
b) cenoura
c) berinjela
d) pepino
e) tomate




04. (UEL) A banana não tem sementes porque na realidade:

a) É um pseudofruto, ou seja, não é um fruto verdadeiro.
b) É um fruto múltiplo, que não foi polinizado.
c) É um fruto carnoso, partenocárpico.
d) É um fruto do tipo drupa.
e) A banana não é um fruto.



05. (UERJ) No preparo de uma sopa, foram utilizados 3 kg de tomate, 2 kg de berinjela, 1 kg de abobrinha, 1 kg de pimentão, 3 kg de vagens de ervilha, 1 kg de couve-flor e 1 kg de brócolis. A sobremesa foi preparada com 6 kg de laranja.

Considerando o conceito botânico de fruto, a quantidade total, em kg, de frutos usados nesta refeição, foi igual a:

a) 6
b) 9
c) 13
d) 16
e) 10




06. (UEM) Um fruto verdadeiro é originado do desenvolvimento de um ovário, enquanto um pseudofruto tem origem a partir do desenvolvimento de outras partes da flor e não do ovário. Assinale a alternativa que indica apenas frutos verdadeiros.

a) Abacaxi, ameixa e pêssego.
b) Morango, uva e tomate.
c) Caju, laranja e mamão.
d) Maçã, trigo e milho.
e) Melancia, mamão e tomate.




07. (UFSCAR) Aproximadamente 90% da flora neotropical produz frutos carnosos, com características atrativas para os vertebrados que os consomem. Desse modo, estes animais têm papel importante na dispersão de sementes e na organização das comunidades vegetais tropicais. Com relação à dispersão de sementes pelos vertebrados, pode-se afirmar que

a) os animais frugívoros que têm visão monocromática, como alguns canídeos, são ineficazes no processo de dispersão de sementes.
b) a única forma de dispersão realizada pelos mamíferos é através do transporte acidental nos pêlos.
c) a dispersão através das fezes é possível porque as enzimas digestivas não digerem o embrião de algumas sementes.
d) os peixes não se alimentam de frutos e por isso não participam do processo de dispersão de sementes.
e) os animais onívoros só promovem a dispersão de sementes quando ingerem as vísceras de animais frugívoros.



08. (FUVEST) O fato de, em algumas flores, o androceu amadurecer antes do gineceu é uma adaptação que garante

a) maior produtividade dos frutos.
b) floração mais prolongada da espécie.
c) fecundação cruzada dos indivíduos.
d) maior produção de sementes.
e) polinização por pássaros ou insetos.





09. (UFRS) Em relação à propagação das angiospermas, são feitas as seguintes afirmações.

I - A presença do gineceu e do androceu na mesma flor permite, durante o processo de reprodução, uma variabilidade genética maior.
II - Flores com corolas vistosas, glândulas odoríferas e glândulas nectaríferas geralmente estão adaptadas à polinização pelo vento.
III - Geralmente os agentes polinizadores e disseminadores de frutos e sementes são o vento, a água e os animais.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e II.
e) I, II e III.




10. (FURG) As adaptações dos frutos para a dispersão do tipo anemocórica são:

a) frutos com pêlos, ganchos, espinhos ou envoltórios viscosos.
b) frutos com envoltórios resistentes adaptados para a flutuação.
c) frutos carnosos, doces e coloridos.
d) frutos que lançam suas sementes explosivamente.
e) frutos leves, freqüentemente, possuidores de aletas ou tufos de pêlos.




11. (PUC-PR) Nos vegetais superiores, o processo de polinização permite a troca de genes entre dois indivíduos e, conseqüentemente, a variabilidade genética na espécie. A eficiência do processo é garantida pela adaptação da flor a um determinado agente polinizador.

Analise as adaptações a seguir e assinale a alternativa que contém a relação correta entre estas e o agente polinizador.

I. estigmas plumosos
II. corola vistosa
III. filetes longos e flexíveis
IV. grande quantidade de grãos de pólen
V. glândulas odoríferas
VI. glândulas produtoras de néctar

a) Agente polinizador - vento: adaptações: I - II - III.
b) Agente polinizador - pássaros: adaptações: II - III - IV
c) Agente polinizador - insetos: adaptações: II - V - VI
d) Agente polinizador - pássaros: adaptações: IV - V - VI
e) Agente polinizador - vento: adaptações: I - III - V




12. (Mackenzie) Uma fruteira contém banana, laranja, maçã, pêra e uva. Podemos afirmar que os únicos considerados como frutos verdadeiros (originados do ovário após a fecundação) são:

a) banana e laranja.
b) laranja e uva.
c) maçã, pêra e uva.
d) banana, laranja e uva.
e) maçã e pêra.




13. (UFV) Atualmente, com as técnicas de biotecnologia, têm sido produzidas plantas transgênicas de várias espécies, portadoras de genes de resistência a herbicidas, a pragas ou doenças, dentre outros. No entanto, os plantios dessas variedades em campo têm sido restringidos por normas de biossegurança, para se evitar a dispersão de pólen transgênico no ambiente. Assinale a alternativa que contém três mecanismos pelos quais poderia, naturalmente, ocorrer à dispersão desse pólen:

a) heterostilia, protoginia e zoocoria.
b) hercogamia, zoofilia e protandria.
c) ornitofilia, zoofilia e dicogamia.
d) anemofilia, entomofilia e ornitofilia.
e) hidrocoria, ornitofilia e heterostilia.




14. (UFRS) Relacione os tipos de dispersão da coluna superior com as adaptações das plantas da coluna inferior.

1. Anemocoria
2. Zoocoria
3. Hidrocoria

( ) sementes ou frutos pequenos e leves, com um envoltório plumoso
( ) sementes ou frutos dotados de ornamentações aderentes
( ) sementes ou frutos com espinhos ou ganchos
( ) sementes ou frutos com estruturas que acumulam ar no seu interior
( ) sementes ou frutos alados

A seqüência numérica correta, de cima para baixo, na coluna inferior, é

a) 1 - 2 - 2 - 3 - 1.
b) 2 - 1 - 1 - 3 - 2.
c) 1 - 2 - 3 - 3 - 1.
d) 2 - 3 - 3 - 1 - 2.
e) 1 - 3 - 3 - 2 - 1.





15. (UFRN) Como resultado da fecundação em fanerógamas, pode-se afirmar que

a) o albúmen é formado a partir da união do primeiro núcleo espermático com as sinérgides, as células polares e as antípodas.
b) a semente é formada pelo endosperma e pela plântula, originários da fusão do segundo núcleo espermático e da oosfera.
c) o pericarpo se desenvolve a partir da parede do ovário, a qual é estimulada por um hormônio produzido pela semente.
d) o embrião se desenvolve a partir da formação de um zigoto diplóide, derivado da fusão do tubo polínico com o óvulo.
e) a semente origina-se dos grãos de pólen e o fruto da antera.





16. (FATEC) Um pesquisador pode inferir o ambiente onde uma espécie vegetal vive e a natureza de sua reprodução, através das características morfológicas. Assim, uma espécie "A" possui flores vistosas com odor penetrante, folhas largas com cutícula fina e poucas camadas de parênquima paliçádico; uma espécie "B" possui flores pequenas com grande produção de pequenos grãos de pólen, folhas estreitas com cutícula espessa e estômatos no interior de cavidades.

A conclusão correta a que deve chegar o pesquisador sobre as duas espécies vegetais é:

a) a espécie "A" ocorre em regiões com alta pluviosidade e é polinizada por insetos, enquanto que a espécie "B" ocorre em regiões áridas e possui polinização pelo vento.
b) a espécie "A" ocorre em regiões áridas e possui polinização pelo vento, enquanto que a espécie "B" ocorre em regiões com alta pluviosidade e é polinizada por insetos.
c) a espécie "A" ocorre em regiões com alta pluviosidade e possui polinização pelo vento, enquanto que a espécie "B" ocorre em regiões áridas e possui polinização por insetos.
d) a espécie "A" ocorre em regiões áridas e possui polinização por insetos, enquanto que a espécie "B" ocorre em regiões com alta pluviosidade e é polinizada pelo vento.
e) não há informações suficientes para inferir sobre o ambiente onde vivem estas plantas e a natureza de sua reprodução.





17. (UNIFESP) As bananeiras, em geral, são polinizadas por morcegos.
Entretanto, as bananas que comemos são produzidas por partenocarpia, que consiste na formação de frutos sem que antes tenha havido a fecundação. Isso significa que:

a) essas bananas não são derivadas de um ovário desenvolvido.
b) se as flores fossem fecundadas, comeríamos bananas com sementes.
c) bananeiras partenocárpicas não produzem flores, apenas frutos.
d) podemos identificar as bananas como exemplos de pseudofruto.
e) mesmo sem polinizadores, ocorre a polinização das flores de bananeira.





18. (UFRS) Indique a alternativa que preenche corretamente as lacunas do parágrafo abaixo, na ordem em que elas aparecem.

Nas angiospermas, a parte interna da semente é formada pelo embrião e pelo endosperma secundário. Este último é um tecido de reserva que se origina da união de ........ núcleo(s) polar(es) do óvulo, com ........ núcleo(s) espermático(s) do grão de pólen, constituindo-se em um exemplo de tecido ........ .

a) um - um - diplóide
b) dois - um - triplóide
c) dois - nenhum - diplóide
d) dois - dois - tetraplóide
e) um - nenhum - haplóide




19. (ENEM) Caso os cientistas descobrissem alguma substância que impedisse a reprodução de todos os insetos, certamente nos livraríamos de várias doenças em que esses animais são vetores. Em compensação teríamos grandes problemas como a diminuição drástica de plantas que dependem dos insetos para polinização, que é o caso das

a) algas.
b) briófitas como os musgos.
c) pteridófitas como as samambaias.
d) gimnospermas como os pinheiros.
e) angiospermas como as árvores frutíferas.





20. (UFC) O predomínio das angiospermas em relação aos demais grupos vegetais relaciona-se:

a) à dupla fecundação, resultado da união de dois núcleos espermáticos com a oosfera gerando o endosperma triplóide, permitindo a longevidade das sementes.
b) à alternância de gerações, havendo predominância do ciclo de vida esporofítica e redução da fase gametofítica, permitindo a ocupação de ambientes áridos.
c) ao desenvolvimento de estróbilos, cuja oferta de pólen e outros recursos florais favoreceu a interação com uma grande diversidade de insetos e uma maior probabilidade de polinização.
d) ao desenvolvimento do tubo polínico, permitindo a independência do meio aquático para a fecundação e uma maior estabilidade do sucesso reprodutivo.
e) ao espessamento da parede do ovário, o que favoreceu a especialização em mecanismos de dispersão do embrião e a ocupação de ambientes distantes da planta-mãe.





21. (UNESP) "Nasceu no meu jardim um pé de mato que dá flor amarela.

Toda manhã vou lá pra escutar a zoeira da insetaria na festa.
Tem zoado de todo jeito:tem do grosso, do fino, de aprendiz e de mestre.
É pata, é asa, é boca, é bico.
É grão de poeira e pólen na fogueira do sol.
Parece que a arvorinha conversa".
("Anímico". Adélia Prado.)


O poema faz referência a alguns elementos e fenômenos biológicos. Sobre eles, um estudante afirmou:

I. O grão de pólen se constitui em uma das bases da interação entre o "pé de mato que dá flor amarela" e a "insetaria" que visita essa flor pela manhã.
II. A interação descrita envolve benefício mútuo, uma vez que o transporte de pólen promovido pelos insetos contribui para aumento da variabilidade genética da planta, ao mesmo tempo em que parte do pólen pode ser utilizada como alimento pelos insetos.
III. Trata-se de uma relação de comensalismo porque, embora a planta se beneficie da dispersão do pólen, este não pode ser utilizado pelos insetos, uma vez que contém gametas masculinos de origem vegetal.

São corretas as afirmações:

a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I e III, apenas.





22. (UFPR) Atualmente, no Paraná, existe uma polêmica discussão sobre o cultivo da soja transgênica e da soja convencional. Sobre o assunto, considere a seguinte situação hipotética: um fiscal ambiental do governo foi até uma plantação de soja próxima a uma Unidade de Conservação, para testar se era variedade transgênica. O agricultor da pequena propriedade era cadastrado como produtor orgânico e produzia em menor quantidade, portanto se recusava a usar qualquer produto transgênico. Após o teste efetuado, constatou-se que a plantação continha soja transgênica. Confuso, o fiscal foi verificar as plantações de soja vizinhas em grandes propriedades e constatou que também eram transgênicas. Com base nos testes, qual a conclusão mais plausível a que o fiscal poderia chegar sobre o que estava acontecendo naquele local?

a) O teste deu positivo porque os polinizadores levaram o pólen de estames de flores de soja transgênica das propriedades vizinhas para os estigmas de flores de soja convencional do pequeno agricultor, gerando sementes com genes transgênicos.
b) Houve erro no teste, uma vez que o agricultor se recusava a utilizar qualquer produto transgênico. c) Apesar de serem duas variedades, a soja transgênica e a soja convencional possuem exatamente a mesma carga genética, e o teste é falho em detectar as diferenças.
d) O teste deu positivo porque os polinizadores levaram o pólen de estames de flores de soja convencional para os estigmas de flores de soja transgênica, gerando sementes convencionais somente nas grandes propriedades.
e) O teste deu positivo porque provavelmente ocorreu uma mutação genética na plantação do pequeno agricultor, gerando a soja transgênica.





23. (UFPR) A flor é o órgão da planta responsável pela reprodução sexuada. Na maioria das plantas, após a polinização e a fecundação, há a formação do fruto e sementes.

Em relação às estruturas florais, assinale a alternativa correta.

a) Os estames são a parte feminina (gineceu), enquanto que os carpelos (que formam o ovário) são a parte masculina (androceu) da flor.
b) Algumas flores possuem os dois sexos (androceu e gineceu), enquanto que outras são unissexuadas e dependem de um agente polinizador para levar o pólen até o estigma (gineceu).
c) Os grãos de pólen são células diplóides que se originam por mitose.
d) As flores são compostas de verticilos protetores (estames e carpelos) e reprodutores (sépalas e pétalas).
e) O fruto se desenvolve a partir dos estames fecundados, onde os grãos de pólen se tornam às sementes.





24. (UNICEMP) Os agentes polinizadores podem ser os pássaros, os insetos ou o vento. A polinização desencadeada pelo vento é denominada anemofilia, e as adaptações florais que facilitam esse tipo de polinização são:

a) Pétalas coloridas e glândulas odoríferas.
b) Pequena produção de pólen e glândulas odoríferas.
c) Estigmas pequenos e pétalas coloridas.
d) Corolas grandes e estiletes longos.
e) Filetes longos e grande produção de pólen.





25. (UEM) O ser humano não é capaz de digerir a celulose que, associada a outros polissacarídeos, forma as fibras vegetais. As fibras absorvem água e estimulam as contrações musculares do intestino. Por isso, é importante comer alimentos ricos em fibras: verduras (couve e brócolis), frutos (goiaba, maçã, pêra, laranja com bagaço) e legumes (abóbora, cenoura etc.). Na linguagem popular, quase todas as partes das plantas usadas como alimentos são denominados legumes e verduras. Nesse contexto, assinale a alternativa incorreta.

a) Os frutos citados no texto apresentam pericarpo suculento; por isso, são denominados frutos carnosos.
b) Nos exemplos de verduras, são consumidos órgãos diferentes: da couve, utilizam-se as folhas; dos brócolis, as folhas, os talos e os botões florais.
c) Os legumes constituem um tipo de fruto; portanto, do ponto de vista da Botânica, os exemplos de legumes citados estão corretos.
d) A celulose está presente na parede das células dos órgãos vegetais citados.
e) Nas folhas de couve, as fibras estão associadas aos tecidos condutores.





26. (UEM) O milho (Zea mays) é uma planta diplóide com 20 cromossomos. A produção de grãos de pólen se dá nas anteras por meiose. Em uma antera jovem, o número de cromossomos presentes em cada célula, após a primeira e a segunda divisão meiótica, será, respectivamente,

a) 10 e 10.
b) 20 e 20.
c) 20 e 10.
d) 10 e 20.
e) 10 e 5.





27. (UNICEMP) O esquema abaixo representa as estruturas de uma flor em corte longitudinal.

Considere:
I. Estrutura do estame que contem os grãos de pólen.
II. Estrutura que ao se desenvolver dá origem ao fruto.
III. Estrutura na qual o grão de pólen germina formando o tubo polínico.

As estruturas citadas em I, II e III estão apontadas no esquema, respectivamente, pelas setas:

a) A, D e B.
b) B, C e A.
c) D, B e C.
d) E, C e A.
e) D, A e E.





28. (UNAERP) Sobre os aspectos gerais ligados ao processo de polinização, assinale a alternativa que contem a afirmação correta:

a) Dentre os animais, somente os insetos podem atuar como polinizadores.
b) Angiospermas polinizadas pelo vento geralmente têm flores com estames bastante expostos e produzem grãos de pólen em abundância.
c) Os carpelos do gineceu são as estruturas florais no interior das quais os grãos de pólen são produzidos.
d) Nas gimnospermas, a polinização é uma importante etapa no desenvolvimento de frutos e sementes.
e) Todas as plantas vasculares (traqueófitas) possuem flores polinizadas por animais.





29. (OSEC - SP) Uma flor hermafrodita possui pelo menos:

a) cálice e corola.
b) pétalas e estames.
c) androceu e receptáculo.
d) corola e gineceu.
e) estames e pistilos.





30. (Mackenzie - SP) Considere uma espécie vegetal pertencente ao grupo das angiospermas que possui células com 2n=36 cromossomos. Nessa espécie, o endosperma, a oosfera e o zigoto formado após a fecundação apresentam, respectivamente:

a) 18, 36 e 54 cromossomos.
b) 36, 18 e 54 cromossomos.
c) 54, 36 e 18 cromossomos.
d) 18, 54 e 36 cromossomos.
e) 54, 18 e 36 cromossomos.




31. (UEL) Com relação aos fenômenos da fecundação em angiospermas é correto afirmar que

a) a fecundação cruzada ocorre na maioria das plantas com flores hermafroditas.
b) há estruturas que estimulam a autofecundação, como nos casos de hercogamia.
c) a autofecundação é inevitável para a maioria das plantas que têm flores hermafroditas.
d) a autofecundação garante as populações uniformes que caracterizam os biomas.
e) a fecundação cruzada só ocorre nas plantas de sexos separados.





32. (UEL) Considere os mecanismos abaixo.

I. Amadurecimento do óvulo e do pólen em épocas diferentes.
II. Incompatibilidade entre o pólen e o estigma da mesma flor.
III. Verticilos masculinos e femininos praticamente juntos.


Nas angiospermas a autofecundação é evitada por

a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) III, apenas.
d) I e II, apenas.
e) I, II e III.





33. (VUNESP) Na fecundação do óvulo de uma angiosperma, os dois núcleos espermáticos do tubo polínico fundem-se, respectivamente, no saco embrionário, com:

a) os núcleos polares e o núcleo de uma sinérgide.
b) os núcleos polares e o núcleo da oosfera.
c) o núcleo da oosfera e o núcleo de uma antípoda.
d) o núcleo de uma antípoda e o núcleo de uma sinérgide.
e) o núcleo da oosfera e o núcleo de uma sinérgide.





34. (UFMS) Nos vegetais superiores, o fenômeno de fecundação permite analisar certos aspectos genéticos na própria semente, sem se aguardar a germinação. Assinale o caso que julgar correto.

a) a fecundação por meio de grão de pólen e não por espermatozóide.
b) a formação do tubo polínico e a sua penetração no óvulo determinam alteração no processo hereditário.
c) o fato do grão de pólen ser em geral transportado por agente estranho à planta, determina não só a diferença do processo de fecundação, mas também os aspectos hereditários.
d) no tubo polínico existem dois núcleos reprodutivos, dos quais um, fecundando a oosfera, produz o embrião e o outro, unindo-se ao núcleo da célula-mãe do albúmen, determina os caracteres deste.
e) da dupla fecundação (dois núcleos masculinos) sempre resultam dois embriões e, portanto, não existe diferença entre plantas e animais, quanto à fecundação.





35. (VUNESP) Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. Apenas as fanerógamas realizam polinização.
II. Os grãos de pólen são produzidos na antera do estame e lançados no estigma do carpelo na polinização.
III. O endosperma ou albúmen das angiospermas resulta da fecundação do núcleo espermático ou gamético com os núcleos polares do óvulo vegetal.
IV. Plantas que apresentam anemofilia têm filetes longos e flexíveis e são geralmente portadores de perianto vistoso.

Estão corretas:

a) apenas I, II e III.
b) ll, III e IV.
c) II e III.
d) I, II e IV.
e) todas.





36. (PUCPR) Assinale a afirmação correta.

a) Polinização ornitófila é aquela em que os insetos intervêm.
b) O embrião vegetal resulta da fecundação do núcleo espermático ou gamético com a oosfera.
c) Androceu e gineceu são verticilos das flores, cujas peças florais contêm os elementos reprodutores femininos e masculinos, respectivamente.
d) Nas flores, o cálice é formado por peças denominadas pétalas, e a corola, por peças denominadas sépalas.
e) Tanto o grão de pólen quanto o óvulo das flores são elementos formados cada qual por uma só célula.





37. (UFPR-adaptado) A polinização consiste no transporte do grão de pólen da antera ao estigma. Com relação a esse processo, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.
I. De um modo geral, as plantas não desenvolvem processos para evitar a polinização direta, pois esse processo é favorável à reprodução.
II. A polinização realizada pelo vento denomina-se entomófila.
III. Quando a polinização é anemófila, as flores são normalmente desprovidas de envoltórios vistosos e de nectários e apresentam grande produção de grãos de pólen, pequenos e leves.
IV.Quando o pólen de uma flor alcança o estigma da mesma flor, a polinização é denominada indireta ou cruzada.
V. Autoesterilidade é a incompatibilidade entre pólen e gineceu e, nesse caso, o grão de pólen não germina.
VI. A semente provém da hipertrofia das paredes do ovário.

Está ou estão corretas

a) apenas as afirmativas II, III, IV, V e VI.
b) apenas as afirmativas III e V.
c) apenas a afirmativa III.
d) apenas a afirmativa V.
e) todas as afirmativas.





38. (VUNESP) observe as figuras e as estruturas representadas.



Com relação a essas figuras e às estruturas indicadas por números, é correto afirmar-se que:

a) I e II ocorrem em todos os vegetais;
b) I representa o gameta masculino e II, o feminino;
c) o endosperma surgirá da união de 1 com 5;
d) o embrião será originado da união do 2 com o 4;
e) I representa o grão de pólen com a formação do tubo polínico e II o óvulo vegetal.





39. (FUVEST) Na feira ou na quitanda, tomate, cenoura, pepino e cebola são considerados "legumes". A bem da verdade, legume é o fruto produzido pelas leguminosas, como a vagem do feijão. Os "legumes" anteriores são, respectivamente:

a) baga, raiz, baga e caule;
b) baga, caule, drupa e raiz;
c) baga, baga, caule, raiz;
d) caule, drupa, caule e baga;
e) baga, drupa, baga e caule.





40. (STO AMARO) A parte comestível da maçã, pêssego, coco-da-baia e abacaxi, é, respectivamente:

a) mesocarpo, mesocarpo, endocarpo, endocarpo.
b) endocarpo, receptáculo floral, endocarpo, epicarpo.
c) epicarpo, mesocarpo, endocarpo, receptáculo floral.
d) receptáculo floral, mesocarpo, endosperma, receptáculo floral.
e) endocarpo, mesocarpo, mesocarpo, endosperma.

4 comentários:

Letícia disse...

Gostaria de ver o gabarito. Se poder mandar par ao meu e-mail leticia.pallaro@gmail.com ficarei grata. Obrigada

Marcos Corradini disse...

Letícia, já te mandei o gabarito!
Espero ter ajudado.

Pablo Henrique disse...

Estou estudando para o vestibular e gostaria de conferir as minhas respostas, se possível, gostaria de receber o gabarito o quanto antes no meu email -> pablohmn@hotmail.com .Agradeço desde ja!!!

Felipe Almeida disse...

gostaria de ver o gabarito felipeapazevedo@gmail.com