terça-feira, 19 de junho de 2012

GABARITO COMENTADO EMBRIO + SIST REPROD.


01.(PUC-PR) A esterilização masculina chamada vasectomia é um método contraceptivo que só deve ser utilizado por homens que não desejam mais ter filhos, pois sua reversão é muito difícil.
O processo da vasectomia consiste em:

a) inutilizar os tubos seminíferos para que os espermatozóides não sejam mais produzidos.
b) seccionar os canais deferentes, não sendo mais possível eliminação dos espermatozóides.
c) remover a vesícula seminal para que o sêmen fique bastante diminuído.
d) inocular hormônios nos testículos para dificultar a ereção do pênis.
e) alterar o funcionamento da próstata, reduzindo a quantidade de espermatozóides produzida.

Resposta: b
Os canais deferentes conduzem os espermatozóides do epidídimo até o canal ejaculador. A vasectomia impede que eles sejam ejaculados.


02. (UFMG) A ocorrência de gravidez na adolescência tem aumentado consideravelmente. O conhecimento e o uso adequado de métodos contraceptivos podem reverter esse problema.
Em relação a esses métodos, é CORRETO afirmar-se que:

a) o diafragma impede a nidação da mórula.
b) o dispositivo intra-uterino, D.I.U, impede a chegada dos espermatozóides ao útero.
c) o método hormonal feminino, pílula, impede a ovulação.
d) o método de tabela é eficiente se forem evitadas relações sexuais entre o décimo segundo e o décimo quarto dia do ciclo.
e) o preservativo masculino, camisinha, tem ação espermicida.

Resposta: c
A pílula anticoncepcional comum contém estrógenos e progesterona sintéticos. Esses hormônios, em determinadas doses, inibem a hipófise de secretar FSH e LH. O FSH estimula a ovulogênese (formação do ovócito II) e o LH a ovulação.

03. (Mackenzie) O DIU (dispositivo intra-uterino) é um contraceptivo que tem como ação principal:

a) matar os espermatozóides.
b) impedir que os espermatozóides cheguem ao óvulo.
c) impedir a ovulação.
d) matar o óvulo no momento da ovulação.
e) impedir que o embrião se fixe à parede interna do útero.

Resposta: a
O DIU ou dispositivo intra-uterino contém um filamento de cobre que é espermecida (mata os espermatozóides).


04. (UEL) Em humanos, a espermatogênese e a ovulogênse apresentam eventos citológicos e genéticos correspondentes. Considerando eventos normais, assinale a alternativa que não é exemplo de correspondência entre as duas gametogêneses:

a) Ocorrência de vários ciclos de mitose nas ovogônias (espermatogônias e ovogônias).
b) Presença de células diplóides em cito-I (espermatócito I e ovócito I).
c) Proporcionalidade de gametas viáveis produzidos.
d) Alteração de tamanho nas células que formam os gametas.
e) Formação de gametas com genótipos recombinados (diferentes).

Resposta: C
Na espermatogênese para cada espermatócito primário formam-se quatro espermatozóides, todos férteis. Na ovulogênese, para cada ovócito primário forma apenas uma célula fértil. O número de gametas produzido na espermatogênese é muito maior que na ovulogênese.



05. (UEL) A pílula anticoncepcional é utilizada como método contraceptivo, porque sua ação é capaz de bloquear a ovulação no organismo feminino humano. Portanto, a pílula anticoncepcional é uma combinação dos hormônios:

a) Estrógeno e progesterona que inibem a produção de folículo-estimulante e de luteinizante na hipófise.
b) Estrógeno e progesterona que estimulam a produção de folículo-estimulante e de luteinizante na hipófise.
c) Folículo-estimulante e luteinizante que estimulam a produção de estrógeno e progesterona nos ovários.
d) Folículo-estimulante e luteinizante que inibem a produção de estrógeno e de progesterona nos ovários.
e) progesterona e luteinizante que inibem a produção de folículo-estimulante e de estrógeno na hipófise.

Resposta: C
Na espermatogênese para cada espermatócito primário formam-se quatro espermatozóides, todos férteis. Na ovulogênese, para cada ovócito primário forma apenas uma célula fértil. O número de gametas produzido na espermatogênese é muito maior que na ovulogênese.

06. (PUC) O trecho abaixo foi extraído do artigo "Desencontros sexuais", de Drauzio Varella, publicado na Folha de S. Paulo, em 25 de agosto de 2005.
Nas mulheres, em obediência a uma ordem que parte de uma área cerebral chamada hipotálamo, a hipófise libera o hormônio FSH (hormônio folículo estimulante), que agira sobre os folículos ovarianos, estimulando-os a produzir estrogênios, encarregados de amadurecer um Óvulo a cada mês.
FSH e estrogênios dominam os primeiros 15 dias do ciclo menstrual com a finalidade de tornar a mulher fértil, isto e, de preparar para a fecundação uma das 350 mil células germinativas com as quais nasceu.

O trecho faz referenda a um grupo de células que a mulher apresenta ao nascer. Essas células são:

a) ovogônias em início de meiose, presentes no interior dos folículos ovarianos e apresentam 23 cromossomos.
b) ovócitos em início de meiose, presentes no interior dos folículos ovarianos e apresentam 46 cromossomos.
c) ovócitos em fase final de meiose, presentes no interior de folículos ovarianos e apresentam 23 cromossomos.
d) óvulos originados por meiose, presentes na tuba uterina e apresentam 23 cromossomos.
e) ovogonias em início de meiose, presentes na tuba uterina e apresentam 46 cromossomos.

Resposta: A
Inibindo a secreção do FSH - folículo estimulante, não há produção de ovócito II. Inibindo a secreção de LH - luteinizante não há ovulação.

07. (MACK) Em relação à reprodução humana, é correto afirmar que:

a) FSH e LH são hormônios ovarianos responsáveis pelo amadurecimento e pela liberação dos folículos.
b) estrógenos produzidos nas gônadas são responsáveis, dentre outras funções, pela determinação de características sexuais secundárias.
c) a liberação de estrógeno e de progesterona provoca a descamação do endométrio e, consequentemente, a menstruação.
d) as pílulas anticoncepcionais agem, principalmente, impedindo a menstruação e, consequentemente, a fecundação.
e) o corpo amarelo a uma estrutura formada no útero e a sua presença e indicativa de fecundação.

Resposta: B
Estrógenos produzidos no ovário são responsáveis, entre outras funções, pela determinação de características sexuais secundárias.

08. (UFPR) Em relação ao processo reprodutivo humano, considere as afirmativas abaixo.
I.
A fase proliferativa do ciclo menstrual, que ocorre antes da ovulação, apresenta altos níveis de progesterona.
II.
O hormônio dosado pelos testes de gravidez mais comuns é a gonadotrofina coriônica, a qual impede a involução do corpo lúteo no início da gravidez.
III.
Uma alta secreção de hormônio luteinizante (LH) é o fator responsável pela maturação do óvulo.
IV.
Altos níveis de testosterona na circulação sangüínea podem inibir a liberação de LH ou ICSH pela hipófise masculina.
V.
Se o ciclo menstrual durar 32 dias ao invés de 28, haverá maior probabilidade de que a ovulação ocorra no décimo sexto dia.

Das afirmativas acima:

a) todas são verdadeiras.
b) apenas I, II, III e V são verdadeiras.
c) apenas II, IV e V são verdadeiras.
d) apenas II, III e V são verdadeiras.
e) apenas I, III e IV são verdadeiras.

Resposta: B
Estrógenos produzidos no ovário são responsáveis, entre outras funções, pela determinação de características sexuais secundárias.


09. (FEPAR) A correta relação entre as fases da gametogênese e suas características é:

a) no período germinativo da espermatogênese, as células primordiais são haplóides, sofrendo constantes divisões mitóticas.
b) no período de maturação da espermatogênese e da ovulogênese ocorrem meioses sucessivas formando quatro gametas.
c) o período de diferenciação só ocorre na espermatogênese onde o espermatócito II se transforma em espermatozóide.
d) um menino nasce com espermatogônias e a menina já possui todos os seus ovócitos.
e) o ovócito II e o espermatócito II dependem da fecundação para iniciarem a formação dos gametas.

Resposta: D
(A) as células primordiais são diplóides; (B) Na ovulogênese há formação de apenas um gameta; (C) Na fase de diferenciação a espermátide transforma-se em espermatozóide; (E) a formação de gametas não depende da fecundação.


10. (FEPAR) Após o início da gestação na mulher, a menstruação é suspensa. Isso ocorre devido a qual fato?

a) As concentrações de progesterona e estrogênio baixam logo após a fecundação, mantendo-se assim até o final da gravidez.
b) Logo após a nidação o trofoblasto (parte do embrião) começa a secretar um hormônio que mantém o corpo lúteo ativo, o que mantém a taxa de progesterona alta, impedindo a menstruação.
c) O endométrio passa a nutrir o embrião e não é eliminado pela menstruação.
d) A placenta produz o hormônio LH que impede a menstruação.
e) Os baixos níveis de estrogênio que ocorrem durante toda a gravidez impedem a descamação do endométrio, impedindo assim a menstruação.

Resposta: D
(A) as células primordiais são diplóides; (B) Na ovulogênese há formação de apenas um gameta; (C) Na fase de diferenciação a espermátide transforma-se em espermatozóide; (E) a formação de gametas não depende da fecundação.


11. (FEPAR) O uso de métodos anticoncepcionais tem sido o fator principal no controle de natalidade nos dias atuais.
O esquema a seguir representa o Sistema Reprodutor Feminino, indicando o uso do Dispositivo Intra-uterino (DIU), um dos métodos anticoncepcionais mais largamente utilizado.


Sobre este esquema e os métodos anticoncepcionais é INCORRETO afirmar que:

a) o número 5 representa o DIU que torna mais difícil a sobrevivência dos espermatozóides e pode impedir a implantação do ovo, pois é colocado na região uterina indicada pelo número 2.
b) a camisinha ou preservativo age impedindo que no momento da ejaculação ocorra o contato do sêmen com a região de número (4), que está indicando a vagina.
c) a laqueadura é uma intervenção cirúrgica sobre as tubas uterinas, impedindo a passagem do ovócito do ovário (3) para o útero (2).
d) o uso da pílula anticoncepcional age sobre o número (1), que indica a tuba uterina, impedindo a fecundação.
e) o método da tabelinha considera os fenômenos que ocorrem no ovário(ovulação) e no útero (menstruação) para controlar os dias férteis na mulher, evitando a fecundação.

Resposta: B
O hormônio secretado é o HCG - gonadotrofina coriônica que estimula o corpo lúteo a continuar a secretar a progesterona.


12. (UFSCar-SP) Logo após a nidação do ovo humano, o embrião começa a produzir um hormônio que estimula os ovários a continuar produzindo estrógeno e progesterona, de modo a manter o espessamento do endométrio. Esse hormônio é:

a) a testosterona.
b) a prolactina.
c) o hormônio luteinizante.
d) a gonadotrofina coriônica.
e) o hormônio folículo estimulante.

Resposta: d
O HCG - gonadotrofina coriônica é secretado pelas células, que rodeiam o embrião em desenvolvimento. O HCG tem a função de manter o corpo lúteo (forma-se no ovário, após a ovulação) secretando progesterona.


13. (UERJ)
TÉCNICA REVERTE MENOPAUSA E DEVOLVE FERTILIDADE

Mulher estéril voltou a produzir óvulos após receber um transplante de ovário congelado nos Estados Unidos.
O GLOBO, 24 SET. 1999

No procedimento médico-cirúrgico acima, o tecido ovariano transplantado foi induzido por hormônios a produzir óvulos.
Isso foi possível porque a função ovariana é estimulada pelos seguintes hormônios secretados pela hipófise:

a) estrogênio e progesterona.
b) estrogênio e hormônio luteinizante.
c) folículo estimulante e progesterona.
d) folículo estimulante e hormônio luteinizante.
e) progesterona e hormônio luteinizante.

Resposta: d
O HCG - gonadotrofina coriônica é secretado pelas células, que rodeiam o embrião em desenvolvimento. O HCG tem a função de manter o corpo lúteo (forma-se no ovário, após a ovulação) secretando progesterona.


14. (UFSM-RS) Sabe-se que um óvulo pode sobreviver cerca de 48 horas e um espermatozóide, cerca de 72 horas. Um casal cuja mulher possui um ciclo menstrual padrão de 28 dias, que deseja evitar, com boa margem de segurança, a gravidez, não deve manter relações sexuais durante quais dias do seu ciclo, supondo que ele começou no primeiro dia de fevereiro.

a) O 10° e o 18° dia do ciclo.
b) O 11° e o 18° dia do ciclo.
c) O 8° e o 16° dia do ciclo.
d) O 1° e o 8° dia do ciclo.
e) O 20° e o 28° dia do ciclo.

Resposta: D
Os hormônios secretados pela hipófise são: FSH (hormônio folículo estimulante) e LH (hormônio luteinizante) e secretados pelos ovários são estrógeno e progesterona.


15. (UFV-MG) Os processos de formação dos gametas masculinos e femininos são denominados espermatogênese e ovulogênese, respectivamente. Sobre estes processos é incorreto afirmar que:

a) a espermiogênese é o processo de transformação das espermátides em espermatozóides.
b) durante a gametogênese ocorre um processo reducional de número de cromossomos.
c) o numero de gametas viáveis resultantes da espermatogênese é maior que o da ovogênese.
d) na fase de crescimento, as ovogônias aumentam em número por sucessivas divisões meióticas.
e) as espermatogônias e os espermatócitos primários possuem o mesmo numero de cromossomos.

Resposta: B
Essa mulher tem ciclo de 28 dias. A menstruação começou dia primeiro. Dia 28 o endométrio descama, ou seja, inicia o novo ciclo menstrual. A ovulação ocorre mais ou menos no meio do ciclo, ou seja, dia 14. A fertilidade máxima ocorre cerca de três dias antes e três dias após a ovulação. Nesse caso, entre o 11º dia e o 18º dia.


16. (UEL-PR) No exame de urina de uma mulher foi verificada a presença de gonadotrofina coriônica. Essa substancia indica que a mulher

a) está menstruada.
b) está grávida.
c) tem diabetes.
d) tem falta de cálcio.
e) tem metabolismo basal baixo.

Resposta: D
Na fase de crescimento das ovogônias não há divisão celular, apenas crescimento. A meiose ocorre na fase de maturação.


17. (Mack-SP) Se uma mulher apresentar alta taxa sanguínea de hormônio luteinizante (LH), ela estará:

a) ovulando.
b) menstruando.
c) grávida.
d) amadurecendo folículos.
e) entrando na menopausa.

Resposta: A
O LH - hormônio luteinizante estimula o rompimento do folículo ovariano liberando o ovócito II nas trompas uterinas, esse fenômeno denomina-se de ovulação.


18. (Cesup-MS) Associe corretamente:
I.hipófise
II.células intersticiais dos testículos
III.epidídimo
IV.túbulos seminíferos

A.produção de espermatozóides
B.produção de hormônios sexuais masculinos
C.hormônios gonadotróficos
D.armazenamento de espermatozóides

A associação correta é:

a) Ic, IIb, IIId, IVa
b) Ia, IIc, IIIb, IVd
c) Ib, IId, IIIc, IVa
d) Ic, IIa, IIIb, IVd
e) Id, IIc, IIIa, IVb

Resposta: A
A hipófise secreta os hormônios gonadotróficos (FSH e LH) As células intersticiais de Leydig, localizadas nos testículos, secretam testosterona. O epidídimo é o local de armazenamento dos espermatozóides. Os túbulos seminíferos produzem espermatozóides.


19. (PUC-MG) A correlação está incorreta em:

a) Próstata - glândula que produz secreção que será lançada na porção inicial da uretra.
b) Túbulos seminíferos - contém epitélio germinativo, responsável pela produção de gametas.
c) Testículos - apresentam células de Leydig, responsáveis pela produção de testosterona.
d) Epidídimo - formado por túbulos, tendo como uma de suas funções o armazenamento de espermatozóides.
e) Vesículas seminais - responsáveis pela produção e armazenamento de espermatozóides.

Resposta: E
As vesículas semininais produzem o líquido seminal. Os espermatozóides são produzidos nos túbulos seminíferos e armazenados no epidídimo.


20. (UFCE) Numa cirurgia de histerectomia total, ou seja, extirpação completa do útero, o organismo feminino:

a) deixa de ovular.
b) deixa de produzir progesterona.;
c) aumenta consideravelmente sua taxa de progesterona e de gonadotrofina coriônica.
d) deixa de menstruar.
e) deixa de secretar o estrógeno.

Resposta: E
As vesículas semininais produzem o líquido seminal. Os espermatozóides são produzidos nos túbulos seminíferos e armazenados no epidídimo.


21. (UFPR) Em uma ninhada de cães, observou-se que um dos filhotes apresentava severa malformação da medula espinhal. Com base nisso, pode-se supor com alta probabilidade de acerto que houve problema durante o desenvolvimento embrionário:

a) da notocorda.
b) da mesoderme.
c) da ectoderme.
d) da endoderme.
e) do mesênquima.

Resposta: d
O útero é local onde ocorre a nidação do embrião no endométrio, tecido que o reveste internamente. A menstruação consiste na descamação do endométrio uterino. Mulher sem útero não tem menstruação. Tanto a ovulação, como a produção de estrógeno e progesterona ocorrem nos ovários. O nível de gonadotrofina coriônica não aumenta porque a mulher não consegue mais engravidar, pois não tem mais útero.


22. (UFPR) A gema do ovo de galinha armazena uma grande quantidade de vitelo para suprir as necessidades nutricionais do embrião. Em contraste, organismos muito maiores, como por exemplo, o ser humano, apresenta ovos microscópicos, os quais, obviamente, têm uma capacidade muito reduzida de armazenagem de nutrientes. Esse aparente contra-senso desfaz-se ao considerarmos

a) diferente composição das reservas nutricionais do ovo de galinha e dos ovos humanos.
b) as estruturas adaptadas à fecundação interna nos humanos.
c) a presença de placenta em humanos.
d) a diferença no tempo de incubação do ovo de galinha e a gestação humana.
e) os diferentes tipos de segmentação dos ovos de aves e humanos.

Resposta: C
A galinha tem ovo do tipo telolécito completo rico em vitelo. O homem forma ovo do tipo oligolécito com pouco vitelo. O embrião das aves sobrevive apenas das reservas do ovo enquanto que o embrião dos mamíferos é alimentado pela mãe através da placenta.


23. (PUC-PR) No desenvolvimento embrionário de um ovo de galinha, formam-se blastômeros

a) apenas na camada superficial.
b) apenas na região do disco germinativo.
c) iguais em toda a gema.
d) maiores no pólo vegetativo e menores no pólo animal.
e) maiores no pólo animal e menores no pólo vegetativo.

Resposta: b
O disco germinativo é o núcleo do ovo telolecito completo (ovo das aves, répteis e mamíferos sem placenta). Esses ovos têm segmentação meroblástica (parcial) discoidal. A única parte do ovo que se divide é o núcleo. Portanto, somente nessa região que os blastômeros se formam.


24. (PUC-CAMP) Qual das afirmações a seguir, relativas a diferentes tipos de ovos, é verdadeira?

a) Ovos com muito vitelo no pólo vegetativo têm segmentação total.
b) Ovos com muito vitelo no centro têm segmentação discoidal.
c) Ovos oligolécitos têm segmentação parcial.
d) Os ovos da maioria dos artrópodes são oligolécitos.
e) Os ovos da maioria dos mamíferos são pobres em vitelo.

Resposta: e
O ovo dos mamíferos placentados é do tipo oligolécito, pobre em vitelo, porém muito bem distribuído


25. (PUC-MG) um ovo de galinha embrionado, a gema representa o local onde o embrião:

a) se desenvolve e onde se encontra a sua reserva de vitelo.
b) se nutre, mas o seu desenvolvimento ocorre na clara.
c) obtém oxigênio para sua sobrevivência.
d) armazena suas excretas nitrogenadas.
e) secreta carbonato de cálcio para reforçar a casca.

Resposta: e
O ovo dos mamíferos placentados é do tipo oligolécito, pobre em vitelo, porém muito bem distribuído


26. (PUC-MG) O fenômeno que caracteriza o início do processo de neurulação nos cordados é a:

a) formação do arquêntero.
b) cavitação da mórula.
c) formação do blastóporo.
d) formação da notocorda.
e) formação da placa neural.

Resposta: a
A gema é a reserva do ovo das aves. Formado por proteínas e carboidratos.


27. (UFRS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto a seguir.

Nos animais, a clivagem varia conforme a quantidade de vitelo. Em _________________ a clivagem é total, pois eles apresentam ovos _________________ . Por outro lado, nos _________________ a clivagem é parcial, pois seus ovos são _________________ .

a) répteis - heterolécito - equinodermos - centrolécito.
b) mamíferos - telolécito - insetos - oligolécito.
c) répteis - oligolécito - equinodermos - telolécito.
d) mamíferos - oligolécito - insetos - telolécito.
e) equinodermos - telolécito - mamíferos - oligolécito.

Resposta: e
A neurulação começa com a formação da placa neural, que depois origina a goteira neural e finalmente o tubo neural.


28. (UNESP) Um dos caminhos escolhidos pelos cientistas que trabalham com clonagens é desenvolver em humanos a clonagem terapêutica, principalmente para a obtenção de células-tronco, que são células indiferenciadas que podem dar origem a qualquer tipo de tecido. Quanto a este aspecto, as células-tronco podem ser comparadas às células dos embriões, enquanto estas se encontram na fase de:

a) blástula.
b) gástrula.
c) nêurula.
d) formação do celoma.
e) formação da notocorda.

Resposta: d
Répteis têm ovos telolécito completo, equinodermos têm ovos do tipo oligolécito; mamíferos formam ovos do tipo oligolécitos e insetos (artrópodes) ovos do tipo telolécito completo.


29. (UFRS) Em ovos oligolécitos, a fase da embriogênese caracterizada por um maciço de células formado por sucessivas clivagens, aproximadamente com o mesmo volume do ovo inicial, denomina-se:

a) mórula.
b) blástula.
c) gástrula.
d) arquêntero.
e) blastômero

Resposta: a
A mórula é formada por sucessivas mitoses do zigoto, formando um aglomerado de blastômeros.


30. (UFES) Em relação ao desenvolvimento embrionário nos animais, foram feitos os seguintes comentários:
I. Ovos telolécito são ovos com grande quantidade de vitelo, formando um grande pólo vegetativo em que o núcleo ocupa um espaço mínimo chamado de pólo animal. São encontrados em celenterados, poríferos, equinodermos, protocordados e mamíferos.
II. Durante o estágio de segmentação, o zigoto, por divisão de suas células, origina blastômeros que formam uma mórula. Da mórula, origina-se a blástula, caracterizada por uma camada de células que compõe a blastoderme, e por uma cavidade conhecida como blastocele, que se apresenta cheia de líquido.
III. A blástula origina a gástrula, caracterizada por quatro folhetos germinativos (ectoderma, endoderma, mesoderma e deuteroderma) que são gerados por embolia ou epistasia.

É CORRETO o que se afirma em apenas

a) I.
b) I e II.
c) II.
d) II e III.
e) III.

Resposta: c
A afirmativa I está errada, pois nenhum dos animais citados tem ovos do tipo telolécito ou telolécito completo (exceto mamíferos aplacentados).
A afirmativa III também está errada, pois os folhetos embrionários são apenas os três primeiros citados.


31. (PUC-CAMP) Na água do manguezal é comum encontrarem-se ovos com envoltório gelatinosos, extremamente ricos em vitelo nutritivo e apresentando segmentação parcial discoidal. Esses dados indicam tratar-se de ovos

a) isolécitos.
b) centrolécitos.
c) heterolécitos.
d) telolécitos.
e) alécitos.

Resposta: c
A afirmativa I está errada, pois nenhum dos animais citados tem ovos do tipo telolécito ou telolécito completo (exceto mamíferos aplacentados).
A afirmativa III também está errada, pois os folhetos embrionários são apenas os três primeiros citados.


32. (UEL) As filas de espera para transplantes aumentam a cada dia que passa. Centros de pesquisa em todo o mundo preparam alternativas ao tradicional transplante de órgãos doados de pessoas clinicamente mortas. Alguns laboratórios estão pesquisando a utilização de órgãos formados a partir de células indiferenciadas, denominadas células-tronco.
Para a obtenção dessas células-tronco do embrioblasto, é preciso extraí-las na fase de:

a) Gástrula.
b) Processo notocordal.
c) Nêurula.
d) Blástula.
e) Formação de saco vitelínico.

Resposta: b
Segmentação parcial discoidal ocorre com os ovos do tipo centrolécito, ovos ricos em vitelo, encontrados entre os artrópodes. Provavelmente o animal encontrado nesse manguezal seja um crustáceo.


33. (PUC-MG) As células-tronco embrionárias são uma grande promessa da medicina para o tratamento de várias doenças humanas pela possibilidade de recuperação de tecidos lesados ou degenerados. A receita é a seguinte:
·         Tire uma célula da pele e transplante o seu núcleo para um óvulo do qual o núcleo foi removido.
·         Dê condições ao clone de se desenvolver até a fase de blastocisto com aproximadamente 140 células.
·         A massa celular interna do blastocisto são células-tronco que podem dar origem a qualquer tecido humano, menos à placenta.
A esse respeito, é possível afirmar, EXCETO:

a) As células-tronco assim produzidas apresentam o mesmo genoma nuclear da célula da pele.
b) A diferenciação das células-tronco pode depender de fatores que influenciam no controle da expressão gênica.
c) Na fase de blastocisto, ainda não ocorreu diferenciação celular.
d) Implantadas em outro indivíduo, as células-tronco podem ser rejeitadas.
e) Blastocisto é blástula humana.

Resposta: d
O embrioblasto é o conjunto de células formadas no blastocisto humano, portando são encontradas na fase de blástula.


34. (PUC-PR) Atualmente já existem protocolos de pesquisa utilizando células-tronco embrionárias na busca de tratamento para várias doenças humanas, como diabetes, Parkinson e Alzheimer. Dentre os itens a seguir, qual NÃO representa uma vantagem na utilização de células-tronco embrionárias para o tratamento de doenças humanas?

a) As células-tronco são capazes de ativar uma resposta imune.
b) As células-tronco são capazes de originar os mais diferentes tecidos.
c) As células-tronco podem se dividir.
d) As células-tronco são capazes de se diferenciar localmente.
e) As células-tronco são células completamente indiferenciadas.

Resposta: c
Na fase do blastocisto, algumas células do embrioblasto já começam a diferenciar-se para formar o novo indivíduo.


35. (UFPR) Fase do desenvolvimento embrionário caracterizada pelo estabelecimento dos três folhetos germinativos (ectoderma, mesoderma e endoderma) e por intensos movimentos morfogenéticos:

a) Clivagem
b) Morfogênese
c) Gastrulação
d) Fecundação
e) Apoptose

Resposta: c
Os folhetos embrionários formam-se na fase de gástrula.


36. (UECE) Analise as assertivas a seguir, relativas à origem e estudo dos tecidos:
I. O zigoto, é a célula inicial, resultante da fecundação dos organismos que se reproduzem sexuadamente.
II. Insetos e crustáceos são exemplos de animais com apenas dois folhetos embrionários (diploblásticos).
III. Os vertebrados, são animais que já têm três folhetos embrionários; portanto são chamados triploblásticos.

Assinale a alternativa correta, relativa às assertivas anteriores:

a) somente I é verdadeira.
b) I e III são falsas.
c) I e III são verdadeiras.
d) II e III são falsas.
e) II e III são verdadeiras.

Resposta: c
Os insetos pertencem ao filo dos artrópodes, portanto são triblásticos também.


37. (PUC-CAMP) Um animal triblástico, acelomado e de simetria bilateral pode ser uma:
a) hidra.
b) esponja.
c) lombriga.
d) minhoca.
e) planária.

Resposta: e
A hidra e é um cnidário - animal diblástico com simetria radial; a esponja diblástico assimétrico ou simetria radial; lombriga é um Nematoda pseudocelomado e a minhoca pertence ao filo Anellida, animal celomado.


38. (Mackenzie) Alguns animais apresentam no seu corpo uma cavidade ao redor do intestino. Quando esta cavidade apresenta-se parcialmente revestida por tecido mesodérmico, é denominada:

a) pseudoceloma.
b) celoma.
c) arquêntero.
d) notocorda.
e) cório.

Resposta: e
A hidra e é um cnidário - animal diblástico com simetria radial; a esponja diblástico assimétrico ou simetria radial; lombriga é um Nematoda pseudocelomado e a minhoca pertence ao filo Anellida, animal celomado.


39. (UFRS) Sobre a relação existente entre folhetos germinativos e celoma, assinale a alternativa correta.

a) Todo diplobástico é celomado.
b) Todo triploblástico é celomado.
c) Todo triploblástico é acelomado.
d) Todo celomado é diploblástico.
e) Todo celomado é triploblástico.

Resposta: a
Os animais que possuem o seu celoma parcialmente revestido pela mesoderme são denominados de pseudocelomados. Os Nematelmintos ou Nematoda são os únicos pseudocelomados.


40. (PUC-PR) Assinale a alternativa que contém os termos que preenchem corretamente as lacunas da frase a seguir.

No aspecto do desenvolvimento embrionário, o grupo dos _______________ é o que está evolutivamente mais próximo do grupo dos cordados, pois ambos são ______________.

a) moluscos - deuterostômios.
b) platelmintos - protostômios.
c) artrópodes - deuterostômios.
d) anelídeos - protostômios.
e) equinodermos - deuterostômios

Resposta: e 
Apenas os ecnodermatas e cordatas são deuterostômios.

Nenhum comentário: